cancer estomago

A resposta é sim. Tanto após a retirada parcial (gastrectomia parcial) ou retirada total (gastrectomia total) o paciente pode ter uma vida normal.

Para entender a resposta dessa pergunta, assista o apanhado geral sobre câncer de estômago no vídeo do Dr. Luis Sérgio Nassif abaixo.

Existem também doenças benignas que podem exigir a retirada do estômago?

Sim! Como é o caso da úlcera gástrica perfurada. Mas sua ocorrência diminuiu muito com o uso do omeprazol e seus similares, e quando ocorre a maior parte dos casos o fechamento da úlcera utilizando um segmento de gordura do omento é o suficiente.

Dr. Luís Sérgio Nassif

adenocarcinoma andrenassif aparelho digestivo azia bariatrica bile brasil cancer cancer de esofago carcinoma espinocelular cirurgia bariátrica cirurgia hérnia clínica nassif colecistite coledocolitiase congresso contraindicação cálculo biliar dadosbrasil dexlanzoprol dr nassif endocrinologia endocrinologista esofagectomia esofago estenose estômago gastro hérnia hérnia epigástrica hérnia incisional hérnia inguinal hérnia umbilical ibps megaesofago obesidade omeprazol pancreatite pantoprazol pedra na vasícula refluxo sobrepeso tabagismo vesícula vesícula biliar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *